«

»

maio 29

Higienização das mãos, medidas simples salvam vidas!

HIGIENE DAS MÃOS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu o dia 5 de maio como o Dia Mundial de Higiene das Mãos. A campanha anual, apoiada no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), é uma importante estratégia para incentivar a adesão às melhores práticas de prevenção e controle de infecção. Em 2017, o tema é “A luta contra a resistência microbiana: está em suas mãos”.

A higiene das mãos é a principal medida para reduzir as IRAS (Infecções Relacionadas à Assistência de Saúde). Embora a prática de higiene das mãos seja simples, a falta de adesão entre os profissionais de saúde continua sendo um problema em todo o mundo.

CONTROLE DAS INFECÇÕES HOSPITALARES

Comemorou-se no dia 15 de maio o Dia Nacional do Controle das Infecções Hospitalares. A data, instituída pelo Ministério da Saúde em 23 de junho de 2008, busca conscientizar, prevenir e reduzir os números de casos desse tipo de infecção no Brasil.

As infecções hospitalares são adquiridas dentro dos hospitais e unidades de saúde, podendo afetar qualquer pessoa caso os cuidados básicos não sejam tomados.  Nos Estados Unidos e Europa cerca de 10% dos pacientes internados são atingidos por infecções hospitalares. A Organização Mundial de Saúde estima que, no Brasil, 14% dos pacientes internados em hospitais morrem devido a casos do gênero.

Acredita-se que a higienização das mãos ao visitar um paciente, ou antes de qualquer procedimento invasivo, é a forma mais eficaz e barata contra as infecções hospitalares. Segundo a OMS, se a medida fosse adotada corretamente os casos de infecção diminuirão em 70%.

Além da higienização das mãos, um visitante pode ajudar a prevenir infecções de outras formas:

  • Não visitar o paciente caso esteja enfermo
  • Não andar com alimentos no hospital
  • Manter as unhas curtas e limpas
  • Não sentar no leito do paciente