Samu realizou 3.600 atendimentos em 2015

reduc

O Samu do Hospital Santo Ângelo atendeu 3.600 pessoas em 2015. A informação foi repassada pelo coordenador dos serviços de Enfermagem do Samu, Alex Martins Antunes. Desse montante parte foram atendimentos clínicos como doenças cardiológicas, neurológicas, respiratórias e metabólicas, assim como casos obstétricos. Também teve atendimentos de traumas como acidentes de trânsito, ferimentos por arma branca, ferimento por arma de fogo, quedas, agressões entre outros.

O enfermeiro Alex explica que o Samu local atende os municípios de Santo Ângelo, Entre-Ijuís, Sete de Setembro, Eugênio de Castro e Vitória das Missões. Além disso, presta assistência a outros municípios da macrorregião missioneira dentro do que determina o Complexo Regulador Estadual do Samu.

EQUIPE
A equipe do Samu é formada por nove médicos, seis enfermeiros, cinco técnicos de enfermagem e 11 condutores de veículos de emergência. Na ambulância de suporte avançado atuam um médico, um enfermeiro e um condutor. E na ambulância de suporte básico atuam um técnico de enfermagem e um condutor. O serviço do Samu funciona 24 horas.

COMO ACIONAR

Para acionar o Samu é preciso ligar para o 192. A ligação é feita diretamente no Complexo Regulador Estadual do Samu Metropolitano. O telefonista que atende faz o registro da solicitação e certifica o local da ocorrência. Depois repassa as informações ao médico do complexo regulador – que avalia a situação e determina a liberação do tipo de viaturas do Samu conforme a necessidade.

CASO

Dos 3.600 atendimentos de 2015, o enfermeiro Alex lembra o caso do nascimento de uma criança indígena, no dia 9 de junho. A gestante, moradora da aldeia guarani Tekoá Pyau, localizada na Barra do São João, interior de Santo Ângelo. A mulher teve o bebê na aldeia e o Samu foi até o local fazer o atendimento. O técnico de enfermagem Daniel Pedroso e o condutor Vitor Silveira atuaram neste caso. Mãe e filho foram conduzidos ao Hospital Santo Ângelo.